Maria

Metade de mim é fome e a outra, vontade. Fome, no sentido literal: com necessidades de comida (salgada – sem doces, obrigada.) de três em três horas. Santista desde os tempos de Edinho, Índio e Ranielli. Fã do futebol e carinho especial pelo XV de Piracicaba. Apaixonada e entusiasta do vôlei. Encantada pela universalidade do Guimarães, pelas letras do Caetano e do Dylan e pela simplicidade significativa da Clarice. Drummond, claro, tem seu lugar cativo.

Janelas, cidades históricas, pimenta e mostarda, mar e bossa nova encabeçariam outras listas-dos-gostares. Para tantas outras coisas, preferiria não o fazer, assim como Bartleby.

Algumas vezes tenho preguiça das pessoas, mas gosto de ouvir histórias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s