Maria

Metade de mim é fome e a outra, vontade. Fome, no sentido literal: com necessidades de comida (salgada – sem doces, obrigada.) de três em três horas. Santista desde os tempos de Edinho, Índio e Ranielli. Fã do futebol e carinho especial pelo XV de Piracicaba. Apaixonada e entusiasta do vôlei. Encantada pela universalidade do Guimarães, pelas letras do Caetano e do Dylan e pela simplicidade significativa da Clarice. Drummond, claro, tem seu lugar cativo.

Janelas, cidades históricas, pimenta e mostarda, mar e bossa nova encabeçariam outras listas-dos-gostares. Para tantas outras coisas, preferiria não o fazer, assim como Bartleby.

Algumas vezes tenho preguiça das pessoas, mas gosto de ouvir histórias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s